Terça-feira, 13 de Novembro de 2007
Entrevista à pessoa mistério!!!

Olá...

Fomos hoje entrevistar a pessoa mistério de quem já tinhamos falado aqui.

Está, portanto, na altura de desvendar a identidade desta pessoa. Trata-se de Dora Gago, professora de Português na nossa Escola e escritora já com vários livros editados.

 

Reunimo-nos na Biblioteca da nossa Escola e começámos por explicar à professora Dora o que pretendiamos, que se mostrou muito receptiva. Vamos deixar-vos um resumo desta entrevista:

 

Viana Criativa: Como e quando se começou a interessar pela escrita?

Dora Gago: Desde muito nova. Antes de saber ler gostava de ouvir histórias contadas pelos avós. Isto fez com que tivesse uma grande vontade de ler e de escrever.

 

V.C.: Qual foi o primeiro livro que editou? Quantos anos tinha nessa altura?

D.G.: “A Planície de Memória” quando tinha 25 anos… Há 10 anos.

 

V.C.: Recentemente editou “A sul da escrita”. Fale-nos um pouco sobre esse livro.

D.G.: É um livro que faz uma viagem através da literatura do Sul de Portugal, por isso se chama “A Sul da Escrita”. São nove contos que têm como personagens principais alguns escritores do Alentejo e do Algarve, que agora se encontram um pouco esquecidos. Aparecem por ordem cronológica, desde os poetas árabes do século XI até ao século XX, sendo Manuel Teixeira Gomes o último a surgir.

 

V.C.: Foi dos livros que lhe deu mais prazer escrever?

D.G.: Foi… No início o objectivo não era um livro deste género. Comecei por escrever os contos de Garcia de Resende e de Bernardim Ribeiro. Em 2001, quando comecei o livro, estes autores faziam parte do programa de 10º ano. Escrevi os contos para facilitar o estudo destes autores.

 

V.C.: Pensa que a escolha da sua profissão foi motivada pelo facto de gostar da escrita ou foi a sua profissão que motivou o gosto pela escrita?

D.G.: As coisas sempre estiveram interligadas. Sempre quis ser professora, até porque em Portugal é difícil sobreviver da escrita. Por gostar de ler e escrever fui encaminhada para esta área, para o ensino de Português.

 

V.C.: O que acha desta escola? Mudava alguma coisa?

D.G.: Pode sempre mudar-se para melhor… Mas também é preciso ter meios a nível de espaço, de materiais, de condições, de tempo, para além de força de vontade.

 

V.C.: O que acha de Viana do Alentejo?

D.G.: É uma terra simpática, mas tem pouco dinamismo a nível cultural. Devia haver um maior investimento a esse nível, e não há. Um exemplo é a Biblioteca Municipal, que é fraca em relação à do Município de Alvito. A nossa escola acabaria também por beneficiar desse investimento em Viana, dado que a escola beneficia do dinamismo do meio em que se insere.

 

Até à próxima!!



publicado por Viana Criativa às 12:46
link do post | comentar | favorito
|

1 comentário:
De aveironosso a 1 de Dezembro de 2007 às 21:58
Olá!
Estávamos a navegar nos blogs para o Concurso das "Cidades Criativas" e encontrámos o vosso!
Estão a trabalhar numa cidade muito bonita!
Desejamos Boa Sorte para o Concurso!


Passem pelo nosso também! =)


Comentar post

.mais sobre mim
.Abril 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
23
24
25
26

27
28
29
30


.posts recentes

. Uma semana agitada por cá...

. Entertenimento

. O regresso...

. Planos...

. Sugestão para o Fim de Se...

. Ponto de Situação

. Entrevista à pessoa misté...

. Na próxima semana vamos.....

. Estamos vivos!

. Divulgação do Projecto (I...

.arquivos

. Abril 2008

. Fevereiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

.tags

. todas as tags

.links
.pesquisar
 
blogs SAPO
.subscrever feeds